Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

the veggieana

conversas com a ana que nasceu veggie

the veggieana

conversas com a ana que nasceu veggie

Desintoxicar

Porquê desintoxicar?

Hoje em dia, está muito na moda os sumos Detox, as dietas Detox e mais detox para aqui e para acolá.

Há quem faça planos detox SUPER exigentes, de uma semana e os leve à risca. No livro "Cozinhar com o Coração" de Rita Sambado, diz o seguite sobre o assunto:

a desintoxicação é "dar ao organismo um descanso e uma oportunidade para se restabelecer no seu equilibrio. Um detox permite limpar não só o nosso corpo fisico como as nossas faculdades mentais e emocionais! Todos os dias vamos acumulando toxinas e sobrecarregando a nossa vida de diversas formas. As toxinas entram no nosso corpo não só através da comida que comemos (excesso de gorduras ou aditivos) ou da água que bebemos, mas também através dos cremes que usamos - hei-de falar sobre este assunto um dia -, do ar que respiramos ou mesmo dos nossos próprios pensamentos. Ao desintoxicar estamos a limpar o organismo de toxinas que, de outra forma, permaneceriam, acabando por causar doenças. Estamos também a melhorar a capacidade de absorção de nutrientes, tendo isto um reflexo directo e visível, por exemplo, na pele. Assim, não só melhoramos a nossa saude como aumentamos o nosso nível de energia."

 

Contudo, há muitas formas de desintoxicar!
Há quem faça o jejum (assunto sobre o qual não tenho conhecimento), há quem faça planos de sumos detox durante 1 semana, 3 dias ou apenas um dia (já li bastante sobre o assunto mas nunca experimentei, apesar de andar ansiosa por experimentar o plano de um dia: durante esse dia só se ingere os sumos(de fruta e vegetais) e alguns alimentos MUITO leves; e há quem apenas vá ingerindo alimentos e combinações detox ao longo do dia ou em dias após exageros.

Essas combinações passam por um simples copo de àgua morna com gotas de limão em jejum ao acordar: uma bebida alcalina que ajudará a limpar o sistema digestivo); um shot de spirulina ou spirulina com clorela (e pode ainda juntar o sumo de limão). Tomar um smothie de frutas e vegetais de manhã também ajudará, pois estará a dar ao nosso corpo uma bomba de vitaminas para o acordar. Após uma noite em ambientes fechados, com muito fumo de tabaco (ect.!) chá de raiz de lótus, ajudará a expelir as toxinas dos pulmões.

 

Segundo, o livro "Cozinhar com o Coração", já mencionado acima, existem alimentos que por si só facilitam o processo de desintoxicação natural do organismo.

Entre eles estão:

Algas - limpam sobretudo os metais pesados, ajudam o metabolismo dos lípidos e mantendo um equilíbriob saudável dos fermentos digestivos e da flora intestinal.

Sementes e frutos secos:

 - sementes de sésamo - ajudam no funcionamento do figado enquanto libertador de toxinas sobretudo do álcool.

- castanha-do-pará - optima para eliminar o mercúrio do nosso corpo.

Beterraba - antioxidante, anti-inflamatório e contém: magnésio, ferro, zinco e cálcio!

Cebola  e alho - ajudam a desintoxicar o figado.

Mangericão - e antibacteriano, antioxidante e protege o figado.

Chá verde - super conhecido! Mas atenção que contém cafeina!

Limões, laranjas e limas - vitamina C optima para desintoxicar!

Figos - excelente purificador do sangue.

Açaí, Ananás, maçã.

Folhas verdes, aipo, rebentos de bróculos, alcachofras.

Canela

Gengibre - anti-inflamatório! 

 

Isto tudo, porque depois de uma noite de festa, toda a gente sente no corpo o efeito das tóxinas; por isso, 'bora desintoxicar!

Capturar.JPG

 

Super alimento: spirulina

Este é daquele que toooooooda a gente já ouviu falar nem que seja uma vez! 
Segundo o livro "As receitas da Mafalda" de Mafalda Pinto Leite a Spirulina é "extremamente rica em cálcio e em ferro. As algas ajudam na desintoxicação de metais pesados,  evitam a acumulação de toxinas no fígado e equilibram o sistema imunitário. Contêm ainda fitóquimicos, compostos importantes que removem toxinas do nosso organismo e promovem uma boa circulação sanguínea." Já a Jessica Athayde no seu livro " Não queiras ser perfeita mas faz o melhor por ti", menciona que "Sessenta por cento da sua composição é proteína, o que faz com que o nosso corpo a absorva muito rapidamente. Muito rica em clorofila e ferro (fundamental para a anemia), estimula e protege o sistema imunitário e contém os ácidos gordos essenciais de que o nosso corpo tanto precisa."

Iswari ainda acrescenta:

"A Spirulina é uma alga microscópica azul-esverdeada, com a forma de uma espiral perfeita. A sua cor deve-se à elevada concentração de clorofila e de um outro pigmento – a ficocianina. Ambos possuem uma acção desintoxicante, que se traduz na forma como se ligam às toxinas, metais pesados e outros resíduos resultantes do metabolismo e os expulsam do organismo.

Vive tanto em água salgada como doce e é um dos alimentos mais nutritivos do planeta, contendo 60% de proteína imediatamente absorvível pelo organismo – mais do que a carne vermelha e a soja e sem os seus efeitos adversos, tais como o alto nível de toxinas, na primeira e a elevada probabilidade de ser geneticamente modificada, na segunda.

BENEFÍCIOS: A Spirulina é uma das mais antigas formas de vida existentes na Terra. Possui 

elevados níveis de clorofila (apenas superada pela Clorela), bem como de muitos outros 

nutrientes, nomeadamente:

  • Vitaminas: B6 (para regular a actividade hormonal e reforçar o sistema imunitário),
  •  B12 (para um sistema nervoso saudável e formação normal dos glóbulos vermelhos)
  • E (com efeito antioxidante e protector das células, contra a ação dos radicais livres);
  • Minerais: cálcio (promove a saúde dos ossos),
  • ferro (facilita a oxigenação e a formação da hemoglobina) e 
  • potássio (regula a pressão arterial e promove um funcionamento muscular saudável).

 Ao contrário da maioria das algas, a Spirulina tem uma parede celular muito fina, sendo muito

 fácil para o nosso sistema digestivo a digerir."

 

20150829_134222.jpg