Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

the veggieana

conversas com a ana que nasceu veggie

the veggieana

conversas com a ana que nasceu veggie

O primeiro

Vai fazer no fim de Agosto, três anos que decidi mudar a minha vida. 

Não sei dizer o que me fez deixar de comer carne com 18 anos; talvez apenas queria afirmar as minhas escolhas, mostrar que também sei tomar decisões, mas o "deixar de comer carne" tornou-se algo muito maior. Após ano e meio, deixei o peixe; e no inicio deste ano deixei os lacticinios. 
Durante esta travessia, que fiz sozinha, tomei conhecimento de muitas coisas que estavam a acontecer no planeta e que  poucos de nós têm conhecimento delas, porque a informação é abafada e não chega a eles, ou porque passam mais tempo a olhar para o seu umbigo.
O nosso planeta está a morrer e obviamente que com ele iremos nós. E agora dizem "ai, mas e só daqui por X anos, nessa altura já não estou cá"; mas estará a linhagem de cada um: filhos, netos, ect...
E isto do planeta porque? Porque uma das grandes causas é o consumo excessivo de carne (não queria entrar por números, mas tentem se informar quanta água é necessaria para manter imensas vaquinhas para consumo excessivo e quanto é necessario para manter os vegetais durante um ano)
Já nem vou entrar pelo caminho do radicalismo: SEJAM TODOS VEGAN! Não, não é isso que pretendo; até porque, defendo que isso tem que ser uma escolha individual apoiada na sua mudança de consciência e na sua relação com o mundo e os outros. O que eu pedia era que todos, pelo menos, diminuissem o consumo de carne/ peixe, abrindo os seus corações á comida veggie; pelo planeta e por vocês mesmos.

É este o objectivo do blog: expandir uma alimentação saudável e veggie. 
Para isso partilharei receitas, truques, experiencias (e também desabafos!).